Backstage Experience Parque das Aves

by Bruno Marangoni – 4 min de leitura

Esta semana eu e a Palominha fomos experienciar o Backstage no Parque das Aves – a convite do nosso parceiro Visite Iguaçu – e decidimos, neste artigo, compartilhar com vocês sobre:
  • Um pouco sobre o Parque das Aves
  • Detalhes do passeio Backstage Experience
  • Nossas impressões sobre o passeio
  • Preços, horários e Localização
  • Dicas para aproveitar o Backstage Experience e o Parque das Aves
  • Parceria com Visite Iguaçu

Um pouco sobre o Parque das Aves

Dennis Croukamp, a anos atrás ganhou um presente inusitado de um amigo: um filhote de Papagaio-do-congo. Afinal de contas, isso não era tão exótico assim na Namíbia – África – onde a família Croukamp morava.

Mas quem é esse Dennis Croukamp? Ele é quem teve a visão de, assim que se mudou para Foz do Iguaçu, criar o Parque das Aves. Após as licenças necessárias, ele adquiriu 16 hectares de floresta subtropical próximo as Cataratas do Iguaçu (fora, porém, próximo do Parque Nacional do Iguaçu), as beiras do Rio Paraná.

Anna, esposa de Dennis, fez um trabalho primordial. Médica-veterinária, dedicou-se a criar um plano de ação que alterou o cenário da “antiga pedreira” que havia no local, retirando toneladas e toneladas de detritos, até que, com muito trabalho deram corpo ao que seria o Parque das Aves, que foi inaugurado em 7 de outubro de 1994.

Hoje o parque tem mais de 1300 aves, sendo mais de 140 espécies diferentes.

Detalhes do passeio Backstage Experience

Quando eu, a Palominha e a Adri do Visite Iguaçu chegamos no Parque das Aves – ficamos aguardando o horário do Backstage Experience começar. Como era de manha cedo (umas 09h30) pudemos ficar curtindo a parte externa do Parque e apreciar o maravilhoso “laguinho” repleto de carpas que tem ali, ou seja, já é uma oportunidade para ótimas fotos. E como estava cedo o clima estava super gostoso.

Quando os guias do passeio nos chamaram eles nos levaram até o Baby Station – que fica anexo ao Hospital do Parque. No Baby Station eles apresentam como a sala dos filhotes funciona além de você ter contato com um pequenino fofuxo. Desta vez, infelizmente, não tivemos contato com nenhum ali pois, como há época de “quebra-de-ovos” e tudo mais – chegamos ali bem no período onde os filhotes já foram para o viveiro com outras aves, e os novos filhotinhos ainda não nasceram. Mas como a explicação do espaço foi bem caprichada já deu para ter noção de como este trabalho incrível funciona.

Ainda no mesmo local pudemos experienciar como é o Condicionamento dos Psitacídeos. Você sabe o que é um psitacídeo? São os papagaios, araras, periquitos e toda sua turma! O treinamento, ou melhor, condicionamento (como o próprio nome da experiência propõem) trata-se de estimular as capacidades cognitivas das queridas aves (você sabia que um papagaio – como a Matilda que conhecemos ali – chega a ter a capacidade mental de uma criança de 4 anos?). Além de que elas adoram passar por essa atividade diária.

Como as coleguinhas da Matilda (que estavam no recinto ao lado, provavelmente em horário de “recreio”) estavam fazendo a maior barulheira e a coitada da Matilda não conseguiu se concentrar e dar o seu melhor. Mas isso pode acontecer, pois assim como nós humanos, as aves também tem dias bons e dias nem tão bons, não é mesmo? Mais uma experiência sensacional!

Quando a Matilda voltou ao outro “recinto” com as coleguinhas dela, nós colocamos um colete específico para o restante do Backstage Experience. Esse é o mesmo colete que os colaboradores do Parque usam. Como nós temos um contato mais próximo com as aves neste passeio, é importante que elas nos “percebam” de maneira familiar, assim como o elas já tem com os colaboradores do lugar.

Logo próximo, entramos em um grande viveiro com jovens aves (flamingos e outros lindos por sinal) e pudemos conhecer uma figura inusitada: a Pica-Pau Strogonoff (sim esse é o nome dela!). Ela é a única da espécie e, em um determinado tempo, foi dado a oportunidade para ela voltar a natureza e ser livre, mas ela decidiu ficar. Assim ela tem o pessoal do Parque, e as outras aves, como sua família. Ela é uma preciosa!

O contato com as jovens aves foi incrível (pra mim o ponto mais alto do passeio), pois eles vem até seus pés e ficam dando ‘bicadinhas’ de leve (até mesmo em minha mão e na câmera).

Quando essa parte do passeio terminou, fomos até o Viveiro dos Tucanos, e entramos em uma área restrita para poder alimenta-los! Sim, foi sensacional, uma experiência surreal, o qual a Palominha mais gostou! Os tucanos tem a capacidade de “virar” os olhos para a frente e, usar a ponta do bico, para usar como mira e pegar insetos ou frutos ainda no ar. Para podermos experienciar isso, recebemos um saquinho com ração especial para lançarmos no ar para que eles as pegassem. Foi surreal, eles são realmente ‘danados’ na mira!

E por fim recebemos algumas uvas pequenas (que eles amam perdidamente, tipo a Palominha com pistache e chocolate kkkkk) o qual eles “bicavam” (super de leve) para coletar na palma de nossas mãos! Mas, ao terminar com a comidinha, mostramos as palmas das mãos vazias para eles (para comprovar que tudo acabou, para que ninguém ficasse triste kkk – mas isso é sério!) e saímos do viveiro.

Por volta do meio dia nos levaram até um deck ao ar livre para uma deliciosa refeição, contendo: sanduíches naturais, sucos e açaí gelado! Ainda neste deck incrível, pudemos segurar (pela primeira vez na vida, para nós) a Arara maravilhosa chamada Frida e ainda tirar foto de pertinho com uma Jiboia! Foi sensacional, pois eles são super dóceis e acostumados com o contato humano (só a Jiboia que, por ser extremamente sensível ao toque em sua pele, para não se estressar, não é permitido toca-la, apenas se aproximar).

Permanecemos ali por cerca de 30 minutos, fizemos nossa refeição deliciosa, conversamos sobre o local com os guias e logo fomos liberados para ficar a vontade no Parque. Ou seja, ainda é possível curtir outros espaços e, sendo assim, fomos até o Viveiro das Araras para fazer algumas fotografias e filmagens (pois elas são ma-ra-vi-lho-sas-s-s-s-s-S-S!)

Nossas impressões sobre o passeio

Eu confesso que, inicialmente, achava que o Backstage Experience seria diferente, mas diferente no sentido “mais simples”. Ou seja, o passeio realmente superou minhas expectativas (e olha que sou meio ‘chato’ kkk). Superou por que eu não esperava um contato tão próximo das aves, inclusive ter acesso a “áreas restritas” onde só os colaboradores podem ir.

A temperatura estava ‘um pouco quente’, afinal de contas, estávamos no meio da mata atlântica, que por si só, já é quente e úmida. Apensar de estarmos em maio, de maneira geral está meio “quentinho” em Foz do Iguaçu, cerca de 25 a 30 graus. Já da pra ter uma base. Mas isso não é problema algum. Mesmo que vocês venham no alto verão, a experiência como um todo faz você “esquecer” deste “detalhe”.

Eu sou de perguntar muito, literalmente um curioso, uma esponja que absorve tudo. E o pessoal é super receptivo a isso, e demonstraram total interesse em responder todas as minhas perguntas. E me confessaram que vem novidades em novas experiências no Parque das Aves! Já estou preparado para mais essa, haha!

Eu e a Palominha temos esse probleminha: Fome durante os passeios. Não sei de alguns de vocês se identificam com isso? Kkkkk. Então confesso que ficamos super felizes por, próximo ao meio dia, terem convidado nós (assim como qualquer visitante que faz o Backstage Experience) a fazer a refeição lá no deck, além de conversamos.

E esse contato mais tranquilo com os guias tornou mais forte ainda, a impressão que eu já tinha, de que o Parque das Aves não é simplesmente um “atrativo turístico que explora a natureza”. O Parque surgiu da paixão da família Croukamp pelas aves. Além e que a filha da dona Anna, a Carmel (que hoje é Diretora Geral e CEO do Parque das Aves) está envolvida em questões sociais – onde um novo Experience do Parque é o Forest Experience, que envolve os indígenas Guaranis a demonstrarem seu valor.

O que comprova como o Parque tem um propósito imenso por trás do que conhecemos como Parque das Aves, é o fato deles estarem desenvolvendo os indígenas Guaranis para que, mais tarde, “andem com as próprias pernas” e façam por si só da sua cultura um negócio que agregue valor a sua cultura e ao homem branco. É ensinar a pescar e não dar o peixe. É desenvolver um turismo de forma sustentável e não criando dependência social.

Eu gosto de tomar conhecimento sobre o que o atrativo turístico representa para a cidade e região (no curto, médio e longo prazo) e já confesso que me apaixonei pela causa que o Parque das Aves defendem.

Preços, horários e Localização

Bom, como estamos falando do Backstage Experience, o preço para o passeio é de R$ 200,00 por pessoa. Se desejar, você pode entrar em contato pelo fone +55 45 3529-8282.

Os horários para os passeios são: 07h30, 10h30 e 14h. Sendo que as 07h30 é sugerido como o melhor horário, pois as aves estão mais tranquilas (pois não se agitaram ainda no dia que está apenas começando).

Para a facilitar a localização irei descrever a baixo da seguinte forma:
  • Localização pontual (onde fica e passeios próximos)
  • Localização partindo do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu (IGU)
  • Localização partindo do centro de Foz do Iguaçu

Backstage Experience Parque das Aves

Esta semana eu e a Palominha fomos experienciar o Backstage no Parque Das Aves – a convite do nosso parceiro Visite Iguaçu – e decidimos criar esse vídeo contemplativo, além do Artigo no Blog (http://jovensnomades.com.br/backstage-experience-parque-das-aves/) compartilhar com vocês sobre:* Um pouco sobre o Parque Das Aves* Detalhes do passeio Backstage Experience* Nossas impressões sobre o passeio* Preços, horários e Localização* Dicas para aproveitar o Backstage Experience e o Parque Das AvesAgradecemos ao Visite Iguaçu pelo convite a participar dessa experiência incrível!Acompanhe nossas outras redes sociais com conteúdos exclusivos:https://www.youtube.com/jovensnomadeshttps://www.instagram.com/jovensnomades/http://jovensnomades.com.br/ – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – 🎶Música por: https://soundcloud.com/sanholobeatsSan Solo – DROELOE x San Holo – Lines of the Broken (ft. CUT_) 🎶

Posted by Jovens Nômades on Monday, May 29, 2017

Localização pontual

Fica em um lugar ultra privilegiado – bem pertinho das Cataratas do Iguaçu, ou seja, no ‘final’ da Rodovia das Cataratas. Isso aqui te permitirá planejar melhor seu roteiro de passeios.

Av. das Cataratas, km 17.1 – Foz do Iguaçu – PR (ao lado do Parque Nacional) – pra quem preferir!

Veja os principais passeios mais próximos (não irei falar detalhadamente sobre eles, pois não é o objetivo aqui, mas apenas menciona-los para que possam ter uma noção para seu roteiro):
  • Os próprio passeio do Parque das Aves + Forest Experience;
  • Cataratas do Iguaçu lado brasileiro – incluindo: Trilha do Poço Preto + Trilha das Bananeiras + Macuco Safari + Rafting;
  • Vôo de Helicóptero (em frente ao Parque das Aves);
  • Expedição Aguaray.

Localização partindo do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu (IGU)

Fica a 3 km do Aeroporto (IGU), cerca de 6 minutos de carro. Por que isso pode ser importante? Talvez você esteja hospedado afastado do Aeroporto e quer fazer seu passeio no último dia, então talvez você aceite arrumar suas malas, fazer o passeio e depois embarcar e partir (tem louco pra tudo né!). Confira o link do Google Maps com a rota clicando aqui.

Localização partindo do centro de Foz do Iguaçu

Tomando como referência a Avenida Brasil (centro de Foz) até o Parque das Aves levam cerca de 21 minutos de carro, percorrendo 14 km aproximadamente (como você pode ver nesta rota aqui).

Pra quem está afim de pegar um busão do Terminal de Transporte Urbano – Pedro Antonio de Nadai (TTU) até o Parque das Aves é só clicar nesta rota aqui para conferir.

Pra quem quiser usar táxi clique aqui e verá os pontos de taxi disponíveis em Foz do Iguaçu.

Dicas para aproveitar o Backstage Experience e o Parque das Aves

Aqui prometo ser breve, mas passar algumas dicas importantes:
  • Evite passar perfume, pois as aves poderão querer ficar ‘distantes’ de você por conta da sensibilidade olfativa delas;
  • Lembra do colete ‘fera’ que falei que eles emprestam durante o passeio? Nele há ‘zilhões’ de bolsos que são muito úteis, seja para colocar as comidinhas que serão lançadas as aves, quanto para pertences pessoais;
  • Vá com roupas em tons neutros para não chamar muito a antemão (ou espantar) as aves;
  • Lembre-se de levar uma garrafinha de água, pois você poderá transpirar muito e será importante repor os líquidos 😉;
  • Tenha uma boa câmera para filmar e fotografar (há, o local possui wi-fi livre para suas postagens, lembre-se de usar a hashtag do passeio: backstagexp)

Parceria com Visite Iguaçu

Eu e a Palominha estamos hiper felizes em estarmos estreitando parceria com o Visite Iguaçu que nos convidou para esse passeio incrível, representado nesta experiência pela Adriane Bordin que, assim como nós, é apaixonada por viagem e turismo. Compartilhamos da mesma ideia que Foz do Iguaçu e região tem muito a oferecer aos turistas do Brasil e do Mundo! Confiram as fotos lindas que estão postando no IG do Visite Iguaçu clinicando aqui. E nos acompanhem pois em breve teremos mais um trabalho lindo realizado em conjunto!

Aproveite para curtir um pouco mais algumas fotinhas que tiramos por lá

E você, curtiu nosso post? Deixe um comentário e compartilhe com seus amigos!

Aproveite para curtir nossas redes e ajudar a comunidade Jovem Nômade a crescer, para assim, sempre podermos trazer novos conteúdos aqui para vocês: Instagram Youtube Facebook

Um abraço, Bruno Marangoni, um Jovem Nômade.

Bem-vindo ao estilo de vida: Jovem Nômade!

Amamos o que fazemos, amamos nosso estilo de vida Jovem Nômade e queremos compartilhar isso com você através de nossas experiências. Nos comprometemos a registrar tudo o que vivenciarmos e compartilhar com vocês através de nosso Blog e de nossas redes sociais!

Comments

comments

2 comments

    1. Cami sua querida! Obrigado pelos elogios! Somos suspeitos, mas Foz é um lugar incrível e repleto de surpresas inesquecíveis! Tenho certeza que vocês vão amar! Quando vierem para cá nos avisem!! Vamos conferir seu blog 😉

      Beijos
      Bruno e Paloma!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *